ABC dos Felinos: Ração Hipoalergênica

Ração Hipoalergênica



Gatos podem apresentar alergia respiratória, alergia causada por contato com uma substância que não tolera, além da alergia à pulgas, alergia a medicamentos, mas existe uma alergia um pouco mais incomum, mas que precisamos estar atentos: alergia por conta da alimentação. Para resolver esse problema há a ração hipoalergênica.

A alergia causada pela alimentação que o bichano recebe não é tão comum, atingindo cerca de 10% dos felinos, correspondendo um percentual de somente 5% das alergias que mais acometem os felinos. Ainda que possa parecer que as chances do seu gato ter alergia por causa da alimentação são mínimas, pode acontecer numa simples troca de ração. Para evitar esse problema, surgiu a ração hipoalergênica.

A ração hipoalergênica tem uma restrição na fonte de proteína, cada uma específica para a proteína que o gato desenvolveu alergia. Como as rações normais possuem todas as proteínas comuns à dieta felina, a dieta baseada na ração que diminui a causa da alergia é a melhor solução.

A ração hipoalergênica para gatos, além de ter um número quase inexistente de corante e aditivos, também existe na versão em que se seleciona a tal proteína causadora da alergia e se exclui esta, ou ainda na versão em que se reduz a proteína para que ela não tenha tanta capacidade alérgica.

Diagnóstico e tratamento

A ração hipoalergênica é utilizada não somente como forma de tratar a alergia do gato a determinada proteína, mas também com uma ferramenta que ajuda a diagnosticar qual proteína está causando a alergia no seu bichano.

A alergia alimentar pode causar coceira em excesso por conta da irritação na pele, vômito e diarreia. Os ingredientes que estão nas rações comuns e que mais comumente causam a alergia em gatos são milho, soja e os produtos de origem animal, como o queijo, a carne, o ovo, o peixe e a galinha.

O que acontece quando se opta por uma ração hipoalergênica para felinos é que, dentre as variadas opções desta ração, você vai procurar uma que não contenha a proteína a qual o seu gato é alérgico, mas que possua uma proteína da mesma fonte para substituí-la. No caso do gato ter alergia à carne bovina, há rações hipoalergênicas no mercado que oferecem a proteína da carne, mas ao invés de ser de origem bovina, pode ser carne de coelho, por exemplo. Assim seu gato continua recebendo a proteína que precisa para ficar saudável, sem sofrer com a alergia. Lembre-se, sempre, de consultar um médico veterinário ao sinal de qualquer sintoma alérgico observado em seu bichano.

acesse: Cachorro Gato

Fonte: Cachorro Gato / Dr. Raquel Madi
Foto: Google Imagens / ABC dos Felinos
Página anterior Próxima página
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...