ABC dos Felinos: 4 mentiras comuns sobre gatos que as pessoas acreditam

4 mentiras comuns sobre gatos que as pessoas acreditam



Como dona de gato, entendo completamente quando alguém encoraja outras pessoas a adquirir esse animal incrível. Mas é importante saber dos mitos que as pessoas contam e a realidade de ter esses felinos em casa. Afinal, eles vão passar mais de uma década do seu lado (te dando carinho e amor, é claro).

1. Gatos não precisam de atenção

Comparado com outros animais, gatos exigem menos atenção. Porém, isso não significa que você pode ter um gato em casa e ignorá-lo o dia inteiro. A verdade é que o seu gato, apesar de independente, faz questão da sua companhia. Aliás, estudos confirmam que os gatos aprendem a rotina dos donos e imitam os seus hábitos. Não é incomum, por exemplo, o gato dormir durante o dia para brincar com você quando você chega em casa e até esperar para usar a caixa sanitária quando você for ao banheiro.

2. Quando você tem gato em casa, nem dá para saber

Ter gato normalmente significa ter diversos brinquedinhos espalhados pela sua casa, sofás rasgados e pelos por todo o canto. Gatos também tem cheiro e, como para casas que têm cachorros, você sabe quando entra em uma casa com gatos que lá tem gatos (eu acho isso super legal, pessoalmente).

Mas, independentemente de tudo isso, ter um gato em casa significa ter alegria e motivos para sorrir todos os dias. Interessantemente, diversos donos relatam que não há tanta diferença entre uma casa que tem somente um gato e uma que tem vários felinos.

3. Gatos não fazem questão do dono

De todas os mitos sobre gatos, esse é o mais falso. Gatos fazem tanta questão do dono que eles reservam um miado e jeito de agir somente para os seus donos. Além disso, vários fazem questão de passar o dia relaxando só para brincar quando o dono chega em casa.

A reação física do gato quando o dono chega em casa pode ser quase nula. Diferentemente de cachorros, os gatos não abanam o rabo, mudam de feição ou pulam de alegria. Porém, estudos mostram que eles sentem fortes emoções de alegria e amor quando veem o dono. Contudo, eles tendem a não mostrar vulnerabilidades e, por isso, reagem fisicamente a essas emoções de uma forma mais contida.

4. Gatos não dão trabalho

A verdade é que gatos dão menos trabalho em comparação com outros animais de estimação. Mas para ter um gato feliz, os donos precisam alimentar seus gatos diversas vezes ao dia; limpar a areia da caixa sanitária pelo menos uma vez ao dia; e brincar com o gato no mínimo 15 minutos diariamente. Além disso, é interessante dedicar um tempo para treinar o seu gato a responder ao seu nome e a se comportar bem dentro de casa. Quanto mais tempo você dedicar ao seu gato, mais forte será o seu relacionamento com ele.

Fonte: Link Animal / Mariana Bartolomei
Foto: ABC dos Felinos
Página anterior Próxima página
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...